CLÍNICA DA PRIME PERFORMANCE

A Future Soccer tem parceria com a Primal Performance para oferecer um programa completo de força e condicionamento físico para atletas. Esse programa tem como objetivo melhorar a performance dos jogadores individualmente, enquanto da mesma forma busca impulsionar o desempenho coletivo. O objetivo é melhorar a resistência com trabalhos específicos para a posição de cada atleta. Cada posição no futebol requer uma força específica. Por exemplo, um meio-campo precisa ter mais resistência em comparação a outras posições. Da mesma forma, defensores e atacantes precisam de força e velocidade e os pontas precisam ser extremamente rápidos e ágeis. Os goleiros devem ter força concentrada nas partes superiores do corpo. No programa de força e condicionamento Future Soccer/Primal Performance, cada atleta receberá um feedback específico sobre as áreas que precisam ser melhoradas e como devem fazer para melhorá-las. O foco do programa é ter o domínio completo dos conceitos básicos de movimento (biomecânica) e mobilidade antes de passar para a alta intensidade.

A maioria dos clubes de futebol no Canadá tem diretores técnicos, mas poucos (se houver algum) têm diretores físicos. Esse é um dos principais motivos pelos quais os times de futebol canadenses estão ficando para trás em relação a outros lugares do mundo. Em lugares como na Europa, a norma é existir treinadores especializados voltados para o aspecto físico do jogo, assim como aspectos técnicos. Não existe outro programa desse tipo no Canadá, e é uma grande vantagem competitiva para qualquer equipe oferecer este programa a seus jogadores. Um jogador pode ter toda a capacidade técnica do mundo, mas se ele não tiver capacidade física somada a ela, ele não vai conseguir realizar as ações em alta performance ao longo de 90 minutos de jogo.

Mais sobre a Primal Performance

Os irmãos Kyle e Graeme Gentle são os donos e administradores da Primal Performance. Juntos, eles têm quase duas décadas de trabalhos na área de força e condicionamento. Ambos trabalharam com diversas áreas, desde atletas de alta performance a idosos que buscam uma melhor qualidade de vida. Kyle é um levantador de peso a nível nacional no Canadá e Graeme é um levantador de peso a nível estadual. Ao longo de suas vidas, eles competiram em modalidades como atletismo, futebol natação, tênis, hóquei e beisebol antes de descobrirem o amor pelo levantamento de peso.

O que é treinamento de força?

O treinamento de força é a base de qualquer movimento. Rastejar, andar, correr, pular, empurrar, se agachar, se esticar… Tudo isso tem um elemento de força e uma coordenação para ser executado com força e segurança. Mesmo que uma pessoa corra, chute ou pule não quer dizer que ela corre, chuta e pula bem. O que torna alguém forte é o quão bem a pessoa pode gerar força ao empurrar o solo e impulsionar o corpo na direção que precisa ir. No futebol, se o jogador A pode empurrar o solo e impulsionar seu corpo na direção que precisa ir com mais força que o jogador B (e esta força viaja pelo seu corpo profundamente – um exemplo de boa biomecânica), o jogador A, então, chegará a seu destino antes que o jogador B. Todo esporte precisa de velocidade e de bom timing, e no futebol não é diferente. Entender como melhorar o tempo de reação e a força de um atleta é sempre uma vantagem.

O treinamento de força não consiste apenas em mover pesos pesados. É mais sobre o quão bem você movimenta o peso e, no futebol, o quão bem você pode mover esse peso (o próprio peso corporal do atleta, a gravidade e as forças do esporte) e manter esse nível de produção de força e eficiência de movimento ao longo de mais de 90 minutos. O futebol exibe todas as formas e padrões de movimento (agachamento, flexão, todas as formas de andar, correr, pular, empurrar, puxar). Quanto melhor o atleta conseguir executar esses padrões, seja o padrão individual, como correr, ou uma somatória de padrões, como pular, girar para cabecear uma bola, mais produtivo o atleta será ao longo da partida. Os atletas menos consistentes são aqueles que não conseguem manter suas respectivas técnicas esportivas durante todo o jogo. Eles fracassam antes.

O que é condicionamento?

As necessidades do condicionamento para o esporte podem variar muito. Mesmo posições diferentes no mesmo esporte podem exigir necessidades de condicionamento diferentes, como no citado caso da diferença entre um goleiro e um meia. O meia tem de ter um nível de resistência e condicionamento muito mais alto, já que se movimenta muito mais do que um goleiro ao longo das partidas. Essencialmente, se um jogador pode exibir um nível semelhante de produção de força, consciência cognitiva, domínio técnico e intensidade do início ao fim de uma partida, esse jogador tem um bom condicionamento. A questão é: o quão bom é esse atributo para começar? Por meio do treinamento e fortalecimento do movimento adequado, o lado do condicionamento torna-se muito mais fácil e seguro para o atleta. Evitar lesões é um aspecto importante, enquanto mais tempo um atleta consegue manter boas posições durante a prática esportiva, mais seguro ele estará. Nesses casos, o atleta é capaz de continuar a progredir essencialmente nas partes do jogo em que ele precisa realmente melhorar e não se estagnar por conta de lesão ou fadiga. Na maioria das vezes, as lesões ocorrem devido a padrões de movimento inadequados acumulados em atletas cansados, relativamente fracos e estressados. Bons níveis de força e condicionamento e padrões de movimento refinados, juntamente com boa vontade, são as melhores maneiras de continuar progredindo em qualquer esporte e é, no mínimo, algo que está ao alcance de todos os atletas e é a obrigação de todo membro das equipes.

Benefícios do programa:

  • Maior força e condicionamento
  • Melhoria na qualidade do movimento (biomecânica)
  • Maior mobilidade
  • Uma melhor compreensão de como o corpo funciona
  • Diminuição do risco de lesões
  • Melhor desempenho nos treinos e nos jogos
  • Maior confiança
  • Aprender a manter um estilo de vida saudável
  • Maior resistência individual e coletiva da equipe
  • Construir química da equipe
O programa de força e condicionamento é ruim para menores de idade? O programa de força e condicionamento não é ruim para menores desde que sejam devidamente supervisionados para que realizem as técnicas adequadas e sigam com a progressão correta para cada respectivo atleta. Meus filhos terão acesso a uma academia para treinar? Dependendo do programa personalizado do atleta (fornecido pelos treinadores) e sua proximidade com uma academia aprovada pela Primal Performance, eles poderão fazer os exercícios em casa ou na academia. Por que eles precisam treinar entre 2 a 4 vezes na semana? Para que seu filho se adapte e melhore seus padrões de movimento, ele precisa expor o cérebro e o corpo dele às novas posições e demandas com regularidade para ter qualquer melhora perceptível. Eles não melhorarão suas habilidades no futebol com práticas de apenas uma vez na semana. Terei de comprar equipamentos? Dependendo da sua proximidade com uma academia aprovada, você pode ter de comprar alguns equipamentos para seu filho fazer os exercícios em casa. Em alguns casos, nenhum equipamento além do corpo e do cérebro será necessário. Como saberei se meu filho está melhorando? Na medida que os padrões motores e a força na academia melhoram, uma correlação direta e positiva com o desempenho em campo será perceptível.
EM BREVE !